As Ir. Lucimeire e Mirian membros da Fraternidade Santa Elizabeth partilham sua Missão: Ir. Lucimeire trabalha na Creche Menino Jesus e Ir. Mirian presta serviços no Colégio Santa Maria durante a semana. Também auxiliam a Comunidade Maria Mãe do Libertador nas Celebrações Dominicais, participam de reuniões eventuais, de planejamentos e realizações de eventos da mesma. Ir. Lucimeire participa de encontros e retiros realizados no espaço físico da Creche Menino Jesus nos finais de semana, tanto cedendo e preparando o local, como também auxilia na parte da formação, para a Paroquia do Sagrado Coração de Jesus.  Neste ano de 2014, já aconteceram três encontros: 1. Retiro das crianças da catequese que se prepararam para a primeira Eucaristia, 2. Retiro dos Coroinhas que iniciaram sua missão tanto durante as missas como em eventos de evangelização e 3. Retiro do Apostado da Oração.  Portanto, cede-se espaço da Creche Menino Jesus para evangelização da comunidade, desde crianças até pessoas da melhor idade. Para este ano já temos mais encontros planejados e pessoas procurando para agendar ainda outros. Assim louvamos a Deus e estamos muito felizes em poder estar servindo o Reino de Deus.

Ir. Lucimeire e Ir. Mirian em frente de sua gloriosa Casa Santa Elizabeth!

fraternidade-santa-elisabeth01

Grupo durante a Celebração da Palavra aos Domingos – Comunidade Maria Mãe do Libertador.

fraternidade-santa-elisabeth02

 Grupo participante das Celebrações Dominicais em frente da Capela Maria Mãe do Libertador.

fraternidade-santa-elisabeth03

 

fraternidade-santa-elisabeth04
fraternidade-santa-elisabeth05

OBRIGADO, SENHOR,


Obrigado, Cristo-amigo, por todos os amigos-Amigos,
que levo no coração!
eles são uma continuidade,
uma simples e maravilhosa extensão
da Tua Amizade
para comigo no mistério da Redenção.

Como fundo musical da minha prece eu absorvo, de alma contente, a mensagem desta canção:

Graças dou por esta vida, pelo bem que revelou. Graças dou pelo futuro e por tudo o que passou...
Pelas bênçãos derramadas,
pela dor, pela aflição.
Pelas graças reveladas,
Graças dou pelo perdão.

Graças pelo azul celeste e por todas as nuvens também.
Pelas rosas no caminho e os espinhos que elas têm.
Pela escuridão da noite, pela estrela que brilhou.
Pela prece respondida e a esperança que falhou.

Pela cruz e o sofrimento e também a ressurreição.
Pelo amor que é sem medida, pela paz no coração.
Pela lágrima vertida, e o consolo, que é sem par.
Pelo dom da eterna vida sempre graças hei de dar!

Pela luz, que se filtra através das nuvens, advinha-se o sol.
Pela luz que atravessa as nuvens da minha vida,
vislumbro Deus, nos mínimos detalhes do cotidiano.

Deus, resposta das mais secretas aspirações humanas,
fonte da minha Paz,
objetivo dos meus objetivos mais sagrados,
última motivação dos meus trabalhos, dos meus ofertórios, da minha oração.

E, por isso, eu canto um hino à vida, do fundo do meu coração,
tentando musicalizar todo o meu existir, com as notas da alegria, do otimismo, e da gratidão.

(Pe. Roque Schneider)


  • visitas 686