Nesse ano especial em que comemoramos mais de sete séculos a serviço da Igreja – 1241 - 2016, as Irmãs Franciscanas de Dillingen compartilham com alegria e gratidão a nossa missão com áqueles que nos ajudam a construir esta história:

 

v  Dom Tarcisio Nascentes dos Santos Bispo da Diocese de Duque de Caxias e São João de Meriti/RJ

 

Queridas Irmãs, com grande alegria, congratulo-me com todas vocês no Jubileu dos 775 anos da fundação da Congregação das Irmãs Franciscanas de Dillingen. 

As “mulheres piedosas de Dillingen” como eram carinhosamente reconhecidas na cidade homônima, na Alemanha, imprimiram o seu carisma ao dedicarem-se ao povo de Deus mais necessitado e, no espírito da Regra de São Francisco, encontraram o verdadeiro objetivo da sua Congregação.

Com imensa gratidão, de modo especial no   Ano da Misericórdia, coloco-as todas no coração misericordioso do Pai, para que, ainda mais, os seus projetos deem frutos agradáveis a Deus.  A esta querida Congregação que, desde 1940, enriquece a história da nossa Igreja, de modo especial, em São João de Meriti, no Colégio Santa Maria e, em Duque de Caxias, no Colégio Santo Antônio, o nosso muito obrigado! 

Confio-me às suas orações,

 

 

 

v  Maria de Lourdes R. dos Santos - Orientadora Educacional do Colégio Santo Antônio – Duque de Caxias/RJ 

 

       2016 é um ano de festa para a Congregação das Irmãs Franciscanas de Dillingen, que celebram 775 anos a serviço do povo de Deus e da Igreja. Presentes na Baixada Fluminense há mais de 70 anos, atuam na vida de muitas famílias da região. Louvo a Deus pelo privilégio de estar inserida numa parcela do grande trabalho por elas realizado. Minha participação nessa história começou há 32 anos, quando ingressei no Colégio Santa Maria como aluna e de onde saí há 20 anos para trabalhar no Colégio Santo Antônio.  Foi como mudar de casa, mas não de família. Tive a possibilidade de conhecer outros membros e de reencontrar velhos conhecidos. A missão destas religiosas vai muito além do que se pode ver. O carisma franciscano foi impresso em meu coração e está presente em tudo o que faço, seja na família, na comunidade paroquial, no trabalho, na vida...  E a história continua. Hoje, meu filho, Isaac, também faz parte dela como aluno do CSA. Espero que ele também seja um multiplicador dos valores semeados em seu coração. Paz e bem! 

 

 

 

 v  Fábio Albano Monteiro - Suporte Técnico de Informática – Colégio Santo Antônio – Duque de Caxias/RJ

A comemoração de 775 de Fundação das Irmãs Franciscanas de Dillingen é vista por nossa família, como motivo de grande orgulho satisfação e alegria. Nos honra termos sido agraciados com uma dupla oportunidade de trabalho e carreira dentro desta maravilhosa instituição a qual honramos já a quase 9 anos. O trabalho em si, já é algo que dignifica qualquer ser humano, pela oportunidade de poder gerar meios de prover sustento para sua família, mas em particular no nosso caso, tivemos a graça de poder encontrar muito mais do que um trabalho, muito mais do que um trabalho honrado, mais do que um trabalho honrado e que nos dá prazer de trabalhar; mas também uma família e tantos outros adjetivos que fazem nos sentir orgulhosos de pertencer a esta Instituição com conceitos e práticas tão nobres e humanas que enchem nosso coração de orgulho.

Fabio Albano Monteiro & Cintia Sousa da Silva

(Funcionários da Associação Franciscana da Divina Providência – Colégio Santo Antônio).

 

 

 

v  Felipe Wagner Gimenes Souza – 1° Médio B - Aluno do Colégio Santa Maria -  São João de Meriti/RJ

“A escola é a base de tudo”. Fico muito feliz por ter o Colégio Santa Maria como minha escola, pois aqui posso desenvolver meus conhecimentos e o meu caráter. Sua excelente estrutura nos proporciona um ambiente acolhedor para os estudos.

Os professores são muito compreensivos e companheiros. As irmãs são carinhosas e sempre atentas aos mínimos detalhes.

Louvo e agradeço a Deus pela presença das Irmãs Franciscanas de Dillingen no Brasil. A elas devemos nossa formação para o mundo.

Sou orgulhoso por fazer parte desta história!

 

         

 

 v  Karla Bernardo de Almeida - funcionária e mãe de alunos da Creche Menino Jesus – Duque de Caxias/RJ

 

“Eu, Karla Bernardo de Almeida quero mostrar como me sinto sendo funcionária e mãe de alunos da Creche Menino Jesus. 

Como funcionária me sinto muito bem acolhida e protegida. Tenho três filhos e o trabalho veio no momento exato. Todos os funcionários são unidos e não medem esforços para o bom funcionamento da creche e com muita atenção voltada para todas as crianças.

Agora, como mãe, sou muito agradecida pois, tenho três filhos, sendo dois deles matriculados na Creche Menino Jesus. 

Agradeço a Deus em primeiro lugar e depois a todas as Irmãs Franciscanas de Dillingen, elas abriram uma porta e tanto para mim. Aqui meus dois filhos cresceram, aprenderam e brincaram muito. Ainda faltam dois anos para o mais novo sair. A minha filha Mariana sai este ano. Eu e minha família somos muito felizes na Creche.

Graças a Deus tenho um emprego e creche para os meus filhos. Para mim essa creche é um lugar abençoado por Deus. Que Deus dê vida e saúde para muitas Irmãs que irão passar e passaram por aqui.

Essa creche é uma lição de vida para quem quer fazer o bem.

“Daqui os meus filhos sairão preparados para uma nova etapa na vida deles

 

 

       

 

 

 v  Luciane L. Warmling Cruz – Professora Colégio Santa Clara – Urubici/SC

 

Não há conquista maior do que servir aos outros”.

Sem dúvida a vinda das Irmãs Franciscanas de Dillingen ao Brasil influenciou desde o início no aprendizado para toda a parte de crescimento interior e formação humana. Fazer o bem, ajudar o próximo sem receber ou esperar recompensas materiais é a melhor forma de sentir-se Humano. Recompensas vêm dos céus. Bênçãos vêm de Deus.

Sacrifícios agradam a Deus; Dom que vem de Deus; Gratidão humana; Estar repleto do Espírito Santo... Não há definição para a presença de seres tão iluminados entre nós. Tenho somente a certeza de que

“nem todos os anjos tem asas”...

 

 

v  Gabriela Rodrigues, Maria Luiza Martins, Maytê Cechetto, Thays Borges e Vitória Lazzaris - Alunas Colégio Santa Clara – Urubici/SC 

 

As Irmãs Franciscanas de Dillingen beneficiaram Urubici/SC com seu trabalho no Hospital São José e a fundação do Colégio Santa Clara. Trouxeram uma nova instituição com o intuito de preparar os alunos para a vida, educando-os para o saber, o ser e o conviver, criando uma cultura de PAZ E BEM.

Agradecemos em nome de todos os alunos e ex-alunos, pois para muitos o Colégio participou da vida de avós, pais e filhos, completando este ano seus 54 anos. E que venham muitos pela frente, para que possam continuar transmitindo a todos os urubicienses a dinâmica de ser cidadão, assim como nos foi proporcionado. 

 

 

 

 


  • visitas 1028