Santo Irineu

Santo IrineuEis um santo que vivenciou plenamente o significado do próprio nome, pacificando conflitos e acalmando almas. Irineu, no grego original, quer dizer pacífico, pacificador .

Nenhuma outra palavra poderia descrever melhor as virtudes de Santo Irineu. Virtudes que também o levaram a ser descrito pelo papa aos cristãos da Gália como zelador do testamento de Cristo.

Santo Irineu nasceu na Ásia Menor, em meados do século II. Conforme seus próprios escritos, a maior recordação de sua juventude foi o contato que teve com São Policarpo de Esmirna, a sua ligação com os apóstolos, já que São João havia feito de Esmirna sua sede para a evangelização da região, um trabalho ao qual Policarpo daria continuidade.

Irineu cresceu, ordenou-se padre, atuou em Roma e depois se transferiu para Lyon. Em Roma, Irineu interveio de forma definitiva para pacificar as diferenças existentes entre os vários bispos, unindo-os para que a Igreja pudesse enfrentar a crescente onda do realismo agnóstico que tomava conta das mais altas camadas da sociedade.

Realizada a obra, trabalhou também junto ao papa Vítor, aconselhando-o e pedindo-lhe moderação para julgar as igrejas da Ásia, que não queriam celebrar a Páscoa na mesma data das demais comunidades cristãs do mundo. Conseguiu que estas igrejas não fossem excomungadas e a paz reinasse novamente no seio da Igreja.

Em Lyon, Irineu sucedeu, em 178, ao bispo e mártir São Fotino, quando este foi morto depois de ter ultrapassado os noventa anos.

Não há registro de que Irineu tenha sido martirizado, mas a Igreja o considera como tal. Das dezenas de escritos de autoria dele nos restam cinco volumes da obra "Contra os Hereges", onde explode toda sua verve de "teólogo equilibrado e penetrante da Encarnação redentora".

Santo Irineu morreu no ano 200.


  • visitas 480