Santo Acácio

Santo AcácioFaz parte até da história das civilizações o período em que Acácio foi bispo da Antioquia, nos inícios dos tempos, ou seja, no primeiro século. Nesse tempo, o imperador era ninguém mais, ninguém menos, que Décio, um terrível perseguidor de cristãos.

Décio, tentando dividir a Igreja para dominá-la, apoiava os marcionitas, agentes de um dos primeiros cismas do cristianismo. Não conseguindo a adesão do bispo da comunidade mais importante da região, que defendia heroicamente os preceitos cristãos, o imperador determinou que seu representante ali, Marciano, interpelasse pessoalmente à autoridade cristã para que Acácio se submetesse aos dominantes pagãos.

A disputa verbal entre os dois, registradas perguntas e respostas, argumentações e contra-argumentações, acusações e defesas de parte a parte, tornaram-se um documento digno de ser pesquisado e lido.

Acácio desmontou uma a uma as inquisições do político. Embora quem detivesse o poder fosse o representante do imperador e não se conheça o teor do final do processo, o fato é que Marciano não teve coragem de decretar a pena de morte para Santo Acácio, que faleceu em data ignorada, mas não por ordem do poder temporal.


  • visitas 12