São Teodósio

São TeodósioTer vivido como monge numa caverna durante trinta anos, em precárias e solitárias condições, mostra como o tempo significava pouco para São Teodósio.

Para ele, o importante era a eternidade, não o calendário. Tanto que morreu com 105 anos, praticamente todos eles vividos na Fé e na dedicação ao próximo, pois desde pequeno teve estreito contato com a religião.

Teodósio nasceu na Capadócia, atual Turquia, em 424, e foi educado na fé cristã. Mesmo ainda muito jovem, era ele quem fazia as leituras nas assembléias litúrgicas de sua cidade e, um dia, lendo a história de Abraão, identificou-se com ele e descobriu que seu caminho era o mesmo do patriarca - deixar sua terra e encaminhar-se para onde Deus lhe apontasse.

Decidiu fazer uma peregrinação à Terra Santa, para conhecer os caminhos trilhados por Jesus. E, assim como previra quando sentiu o chamado, aconteceu: ao encontrar-se com São Simeão, o estilita - aquele sábio que viveu anos numa coluna alta que o impedia de sentar-se ou deitar-se - este o chamou pelo nome mesmo sem o conhecer e avisou-o de que Deus o havia escolhido para converter e salvar muita gente.

Teodósio entrou então para um convento próximo à Torre de Davi, onde rapidamente foi escolhido para a provedoria de uma igreja consagrada a Nossa Senhora. Mas ainda não era o trabalho que procurava. Queria penitência e oração e, para isso, foi habitar a caverna citada, de onde passou a pregar com um senso de humildade que contagiava.

Conta-se que, certa vez, ao se deparar com dois discípulos que brigavam, ajoelhou-se entre eles e só se levantou quando fizeram as pazes, depois de ouvirem um de seus sermões emocionantes.

Sua fama o levou ao posto de arquimandrita da Palestina, isto é, superior geral de todos os monges. Mas sua atuação contra os hereges acabou por condená-lo ao desterro, por confrontar-se com o Imperador Anastácio. Só quando o imperador morreu é que ele pôde voltar para a Palestina e reconquistar a liderança entre os monges.

Quando São Teodósio morreu, no ano 529, seu corpo foi depositado numa gruta por ele escolhida, posteriormente saqueada e destruída pelos muçulmanos.


  • visitas 35