• IMG_0165.JPG
  • IMG_0173.JPG
  • IMG_0183.JPG
  • IMG_0184.JPG
  • IMG_0201.JPG
  • IMG_0213.JPG
  • IMG_0216.JPG
  • IMG_0223.JPG
  • IMG_0232.JPG
  • IMG_0261.JPG
  • recanto15anos33.JPG
  • IMG_0165.JPG
  • IMG_0173.JPG
  • IMG_0183.JPG
  • IMG_0184.JPG
  • IMG_0201.JPG
  • IMG_0213.JPG
  • IMG_0216.JPG
  • IMG_0223.JPG
  • IMG_0232.JPG
  • IMG_0261.JPG
  • recanto15anos33.JPG

RECANTO PAZ E BEM - 2000 - 2015

 Sempre que nos reunimos para um momento celebrativo, há um motivo especial para isso. E o que nos une aqui hoje, é a celebração de quinze anos de caminhada do recanto Paz e Bem – Projeto Social idealizado pelas Irmãs Franciscanas de Dillingen com o objetivo de acolher os idosos de área de risco social e, oferecer-lhes a possibilidade de ter uma vida digna ao chegar ao declínio de sua caminhada.
Numa sociedade que idolatra a juventude, a beleza e a força física, ser idoso significa na maioria das vezes, estar envolvido em um universo de rejeição, preconceitos e exclusão.
Motivadas pelos valores evangélicos, procuramos ser construtoras de novos relacionamentos que asseguram a valorização integral às pessoas idosas e respeito a seus direitos.
Inseridas no contexto social atual, procuramos fazer algo para melhorar a vida dos idosos. Esse motivo nos levou a iniciar o Projeto Social Recanto Paz e Bem que hoje com muita gratidão celebra quinze anos de desafios, alegrias, esperanças e solidariedade.
Pedimos a Deus que continue nos dando forças e que haja sempre pessoas solidárias caminhando conosco como até hoje tivemos. Queremos pedir que Deus abençoe a todos os nossos benfeitores!
O Recanto Paz e Bem tem um Projeto Vivencial, uma Missão especial que é: ACOLHER – ABRIGAR – RESPEITAR – CONVIVER – RESGATAR – VALORIZAR E RESGATAR A Vida dos menos favorecidos. Atitudes de: BONDADE – TERNURA E MISERICORDIA acompanham o dia-a-dia das Irmãs e funcionários neste serviço dedicado aos pequeninos do Reino de Deus.

                                                                                                                                                            (Colaboração: Ir. Josefina Maioli)

 

 


  • visitas 1281