SEDE DA PROVÍNCIA FRANCISCANA DA DIVINA PROVIDÊNCIA E COLÉGIO SANTO ANTÔNIO

Em 1941, nossas irmãs que estavam em Cabo Frio/RJ, receberam também a proposta dos Franciscanos OFM de Duque de Caxias/RJ de se aventurarem por estas terras que prometiam um futuro melhor. Os frades pediram que fundassem um Colégio em Duque de Caxias. O “sim” ao pedido, depois de muita oração e reflexão foi dado no início de agosto de 1941.
Aos dias 04 de outubro de 1941, festa de São Francisco de Assis e festa jubilar dos 700 anos da Congregação, foi lançada a pedra fundamental para dar início à construção do Colégio Santo Antônio.

 Durante a alocução do Senhor Vice-prefeito, Natalício Tenório Cavalcanti de Albuquerque, o primeiro caminhão de tijolos chegou para a obra, como brinde da Prefeitura. Este gesto generoso das autoridades municipais foi sempre lembrado com alegria e gratidão pelas Irmãs Franciscanas de Dillingen nesta Província da Divina Providência, que nunca faltou com a sua “Providência”. No dia 01 de janeiro de 1942, as Irmãs Adelheid (Adelaide) Stammler, Liebharda Fisher, Gertraud Goldhammer e Adelwiga Linse chegaram a Duque de Caxias para, nesta cidade, fazerem morada e missão. A maior bagagem que trouxeram foi a esperança. Como o Colégio ainda estivesse em fase de construção, estas irmãs moraram inicialmente na casa de uma família vizinha, muito hospitaleira.


Sr. João Camarão e D. Jandira, abrigaram com amabilidade e generosidade as quatro aventureiras por quatro semanas. Dois pequenos aposentos, cedidos pelo casal, serviam para dormir, cozinhar, fazer as refeições e rezar. No sobrado do Salão Paroquial, as irmãs davam aula diariamente para alunos do Curso de Admissão, preparando-os para o exame de 2ª época.


Algumas irmãs ainda ficaram em Cabo Frio/RJ. Em 1947, quando as irmãs de Itapegipe requereram de volta sua propriedade em Cabo Frio, as Irmãs que lá ficaram, vieram para a Baixada. Ir. Veridiana Ludwig e Ir. Edith Kolbe foram para São João de Meriti e Ir. Marzella Schömmig e Ir. Reintrudis Kirchmayer para Duque de Caxias. Ir. Veridiana Ludwig voltou logo para a Alemanha por não se adaptar nesta realidade.


No dia 02 de fevereiro de 1942, o Colégio Santo Antônio foi inaugurado para alegria das irmãs e do povo caxiense. Na manhã no dia seguinte à inauguração, as aulas começaram com 99 crianças matriculadas.

 O Curso Propedêutico e o Admissão iniciaram suas atividades no dia 01 de março. O Propedêutico foi transferido de Cabo Frio para Duque de Caxias e contava com 20 alunos. Como os alunos de Cabo Frio tencionavam terminar o Curso Comercial Propedêutico com as irmãs, tornou-se necessário um internato. 

Assim como em São João de Meriti, as irmãs passaram por muitas dificuldades que só Deus e elas conheceram.


Esta cidade de Duque de Caxias, do mesmo modo abençoada por Deus, foi aos poucos entregando seus filhos aos cuidados das Irmãs no Colégio Santo Antônio que, durante anos, era Ginásio Santo Antônio.


No mês de junho, o número de alunos aumentou para 346. Foi necessário construir mais salas de aula. Estas foram construídas em outubro com muito sacrifício. Mas as bênçãos de Deus se faziam sentir com o bom andamento escolar e o número crescente de alunos que chegou a 401, no final do ano de 1942. Entre as dificuldades deste começo estava o grande problema da água. Muitas vezes a bomba d’água não tinha força suficiente para puxar água do poço de 20m de profundidade. Inúmeras vezes as irmãs estavam em situação difícil para atender a demanda do grupo de alunos externos e os 20 internos. Fizeram parte da realidade das mulheres brasileiras, buscando latas d’água para suprir as necessidades mais urgentes.


Quando o número de alunos atingiu 600 matriculados, a grande preocupação, entre outras, era o pátio que não era murado. Resolveram enfrentar mais este desafio e construir o muro ao redor do pátio em 1945. Certo dia, quando as irmãs chegaram da Igreja, um vizinho alertou-as de que o muro estava prestes a desabar. Ninguém quis se responsabilizar pela obra e, na madrugada de 03 para 04 de janeiro o muro caiu, sem que houvesse vítima. Este foi reconstruído, como também alguns quartos, com empréstimos, muita dor de cabeça e angústia. A Providência Divina mais uma vez se fez presente.


Como em São João de Meriti, nossas irmãs em Duque de Caxias se esmeraram para formar cidadãos conscientes de seu papel na sociedade e na família. D. Olga Teixeira, entre outros, foi uma grande educadora e colaboradora das irmãs.

 No mesmo prédio do Colégio Santo Antônio fica a casa das irmãs e a sede da Província da Divina Providência. Devido às grandes distâncias, foram constituídas em 1965 duas Províncias. No Nordeste, com sede em Areia/ Paraíba. Hoje, a sede no Nordeste encontra-se em Campina Grande/Paraíba. E no Sudeste, com sede em Duque de Caxias/RJ.

Nas próximas publicações, abordaremos as 05 escolas gratuitas onde, os Colégios Santa Maria e Santo Antônio beneficiam crianças e adolescentes em área de vulnerabilidade social.

Historia mosaico


  • visitas 1002