• CRB1.jpg
  • CRB2.jpg
  • CRB3.jpg
  • CRB4.jpg
  • CRB5.jpg
  • CRB6.jpg
  • CRB7.jpg
  • CRB8.jpg
  • CRB9.jpg
  • CRB10.jpg
  • CRB11.jpg
  • CRB12.jpg
  • CRB13.jpg
  • CRB15.jpg
  • CRB16.jpg
  • CRB17.jpg
  • CRB18.jpg
  • CRB19.jpg
  • CRB20.jpg
  • CRB21.jpg
  • CRB22.jpg
  • CRB1.jpg
  • CRB2.jpg
  • CRB3.jpg
  • CRB4.jpg
  • CRB5.jpg
  • CRB6.jpg
  • CRB7.jpg
  • CRB8.jpg
  • CRB9.jpg
  • CRB10.jpg
  • CRB11.jpg
  • CRB12.jpg
  • CRB13.jpg
  • CRB15.jpg
  • CRB16.jpg
  • CRB17.jpg
  • CRB18.jpg
  • CRB19.jpg
  • CRB20.jpg
  • CRB21.jpg
  • CRB22.jpg

ASSEMBLEIA GERAL ELETIVA DA CRB (CONFERÊNCIA DOS RELIGIOSOS DO BRASIL)

“Eis que estou fazendo uma coisa nova!” (Is 43,19)

Este foi o tema da Assembleia Geral Eletiva da CRB, acontecida entre os dias 11 a 15 de julho de 2016 que constou de 520 participantes, entre os quais, 315 eram Coordenadores de Congregações, as mais diversas.

Este evento aconteceu no Colégio Carmen Sallés, em Brasília/DF, cujo objetivo principal era a eleição da nova Diretoria da Conferência dos Religiosos do Brasil por um período de três anos.

Fomos motivados pela fala do Papa Francisco que nos convida a uma reforma da Vida Religiosa Consagrada. Esta reforma, esta exigência, se configura como uma reforma, como caminho primeiro do nosso interior. Uma reforma que deve chegar até os confins da família humana. Reforma – forma, na pessoa de Jesus Cristo. Deve-se tratar, diz o Papa, da ação do Espírito Santo e de uma mudança de época.

As reflexões e aprofundamentos sobre a “Vida Religiosa Consagrada em processo de Transformação” – sendo este o lema – foram abordadas por pessoas peritas que muito nos questionaram sobre cada tema apresentado. Pena que eram muitas reflexões importantes com pouco tempo de apresentação e aprofundamento.

“Eis que estou fazendo uma coisa nova!” (Is. 43, 19) Vocês ainda não perceberam?

Esta citação de Isaias motivou toda a Assembleia Geral de 2016.

Por assessoria de Imprensa, no dia 13 à tardinha, todos nós, participantes da Assembleia, reunimo-nos à frente da Catedral de Brasília, na Esplanada dos Ministérios para celebrar os mártires da caminhada. Foi um momento significativo de profunda oração e participação. Não faltou oração e protestos contra a corrupção.

A luta dos indígenas foi um dos temas tratados na vigília. Segundo dados do Censo Demográfico realizado pelo IBGE em 2010, a atual população indígena brasileira é de 896,9 mil indígenas. De acordo com a pesquisa, foram identificadas 305 etnias. Os Povos Indígenas estão presentes nas cinco regiões do Brasil, sendo que a região Norte concentra 342,8 mil. Pedimos a Deus tempos melhores para nossos indígenas, para a mulher violentada, crianças e adolescentes envolvidos nos tráficos; tráfico de pessoas; entre outros. E, especialmente, pedimos por mais justiça e paz em nosso País e no mundo.

O manifesto foi um marco referencial para a 24ª Assembleia Geral Eletiva da CRB que introduz a abertura da Caminhada dos Mártires que acontecerá na prelazia de São Félix do Araguaia, em Ribeirão Cascalheira-MT, nos dias 15 a 17 próximos.

Tudo nos convidou à autenticidade na nossa Vida Religiosa e na nossa missão entre os mais desfavorecidos da sociedade.

O dia 15 foi muito especial. Dom Jaime Spengler,  Presidente para os Ministérios ordenados e a Vida Consagrada – CNBB, presidiu a Celebração da Santa Missa de encerramento onde aconteceu a posse dos religiosos eleitos para o novo triênio. Que o dinamismo do Espírito Santo seja sentido pela nova Diretoria e que todas as Congregações recebam sempre a graça do discernimento para viverem segundo o Espírito.

(Contribuição de ir. Sueli Rubens Sendra )


  • visitas 710