Santo Afonso Maria De Ligório

Santo Afonso Maria De LigórioMúsico, poeta, advogado, escritor, bispo, doutor da Igreja e fundador da Congregação dos Padres Redentoristas. Assim foi Santo Afonso Maria de Ligório, uma pessoa brilhante e inteligente, filho de família nobre e muito rica.

Ele realmente era um homem de muitos talentos. Porém, os talentos mais evidentes eram o da bondade, da caridade, da fé em Cristo e do conforto espiritual a seus semelhantes.

Afonso de Ligório nasceu no ano de 1696, em Nápoles, na Itália. Enquanto seu pai o preparava para o estudo de artes liberais, ciências exatas e disciplinas jurídicas, sua mãe se preocupava em educá-lo nos caminhos da fé e do cristianismo.

Aos dezenove anos já era advogado e atendia no fórum de Nápoles, porém jamais abandonou sua vida espiritual, que era muito intensa. Quando já era advogado de renome perdeu uma causa e ficou muito decepcionado, a ponto de abandonar a advocacia. Achou que era hora de se dedicar única e exclusivamente à vida evangélica.

Seu pai quase enlouqueceu, pois não podia acreditar que seu filho estava abandonando a possibilidade de um futuro brilhante. Mas Afonso estava determinado e concluiu seus estudos de teologia, sendo ordenado sacerdote aos trinta anos.

Em suas pregações Santo Afonso usava as qualidades da oratória e colocava sua ciência a serviço de Cristo. Tinha um lema que dizia: “Deus me enviou para evangelizar os pobres”.

Depois de fundar a Congregação do Santíssimo Redentor ou dos Padres Redentoristas, viajou por quase todo o sul da Itália pregando a palavra de Deus. Com isso conseguiu a conversão de muitas pessoas.

Santo Afonso Maria de Ligório morreu aos noventa e um anos no dia 1º de agosto de 1787. Além da Congregação dos Padres Redentoristas ele deixou ainda cento e vinte obras literárias tratando dos mais diversificados temas sobre a evangelização e a vida espiritual.


  • visitas 3