Palavras do Papa sobre o Evangelho de hoje: Jo 20,19-31

Jesus convida-nos a contemplar estas chagas, convida-nos a tocá-las – como fez com Tomé – a fim de curar a nossa incredulidade. Convida-nos sobretudo a entrar no mistério destas chagas, que é o mistério do seu amor misericordioso. Às vezes, perante os acontecimentos trágicos da história humana, ficamos como que esmagados e perguntamo-nos: ‘Por quê?’. A maldade humana pode abrir no mundo como que fossos, grandes vazios: vazios de amor, vazios de bondade, vazios de vida. E surge-nos então a pergunta: Como podemos preencher estes fossos? A nós, é impossível; só Deus pode preencher estes vazios que o mal abre nos nossos corações e na nossa história. É Jesus, feito homem e morto na cruz, que preenche o abismo do pecado com o abismo da sua misericórdia”. (Homilia para os fiéis de rito armênio, 12 de abril de 2015).

 


  • visitas 132